encontrou


[ss]

ás 8.00 da manhã ouvia-se ao longe uns miados fortes e aflitos.
ás 8.10 eram insuportáveis.
abro a porta e em cima do tapete um gato.
não se fez rogado e entrou.
miava e cheirava.
escolheu um canto escuro e lá ficou.
bem... tijela de leite certo?
estava cheia de fome.
ida ao supermercado para arranjar comida e areia.
uma caixa com um lençol velho.
outra caixa para a areia.
duas tijelas para água e comida.
começou ás marradinhas ás pernas e pedia festas.
é gato ou gata?
é gata! (quase uma citação de Federico Garcia Lorca)
e lá ficou.
acabei de fazer um poster para saber se tem dono.
mas não me apetecia ficar sem ela.

6 comentários:

colher de chá disse...

se te veio parar à porta, é pq foi a ti q ela escolheu para ficar.
não a deixes partir.. guarda-a no quentinho da tua casa, com a areia, a comida e o teu sorriso.
que linda:)

macaso disse...

Estava a pensar num nome para ela...destiny (difícil de dizer e parecida com destiny childs ou coisa que o valha).
Estava a pensar nisso do destino, dos encontros, das escolhas...de quando nos escolhem. Se acreditares nisso, entras num mundo mágico. Então lembrei-me de Fé. Achas que ficava muito estranho?

polegar disse...

não sei qual era o bicharoco com os olhos maiores e mais assustado, se ela se tu eheheheh :P

colher de cháa disse...

viva a Pinguimmmmmmmmmm!!!!!!!!!! :) ena!

pinky disse...

acabaste de ser adoptado! agora falta o nome! ;)

Mill disse...

deve ser muito bonito e especial ser assim escolhido por um animal para sermos o ser humano dele!