o último



este foi o fim de mais um ciclo.
mais uma vez estou de braços abertos para o mundo.
este foi o último.
até ao próximo.

3 comentários:

polegar disse...

e como quem não tem nada pode pedir tudo, eu peço em grande, porque não mereces nem vales menos: não irás nunca mais precisar de abrir esse caderninho das desgraças... o próximo vai ser um ciclo daqueles que demora mais de um século a dar a volta. com contrato. e a tua câmara nas mãos. e as tuas fotos a contar as histórias ao mundo.
porque foi para o que nasceste.
beijo.

polegar disse...

então, e como foram os primeiros momentos de desempregado? fanaste o economato? precisamos de papel!!! olha, e clips! e tinteiros de impressora! e minas para lapiseira! e fita-cola! e uma calculadora para as contas de sumir!
e...
e...
:P

colher de chá disse...

um beijo, no primeiro dia do resto da tua vida...