ocupação


porto . 29.4.2006

decoradores de rua.
poetas de ocasião.
verdades cruas.
expressão livre.
irracionalidades.
racionalidades.
fazer da rua uma galeria é ilegal.
fazer da rua uma galeria devia ser um direito.

ver: banksy o homem que é famoso por acidente.

5 comentários:

polegar disse...

verdade verdadinha... e há com cada um por aí que apetece pedir:"vem lá a casa tratar-me umas paredes..."

e melhor que apregoar Banksy para nos armarmos em pseudo-intelectuais hypes, podemos dizer: NÓS VIMOS BANKSY's AO VIVO! o carro, a menina e mais uns quantos... bem no deep down do east end!

somos super mega pseudo intelectuais hypes! já podemos ir beber jolas descansados, que o título ninguém nos tira eheheheh ;)

espanta_espiritos disse...

o quê??? eu??? pseudo?? eu?? intelectual?? cruzes canhoto... além do mais, posso dizer em minha defesa que não conheço nenhuma banda nova da radar nem quis ir ao maxime ver "o outro senhor que toda a gente quis ir ver e que quem viu gostou muito porque sim e tal e coiso". :P

polegar disse...

sim, tu, quer queiras quer não estiveste PERANTE vários Banksys!!! ah pois. isto faz de ti um mega-pseudo-intelectual, não um vulgar pseudo-intelectual!

e isso das bandas... voltas a abanar a cabeça ao som de alguma nova música que te mostre e vais ver como são elas!

quanto ao "o outro senhor que toda a gente quis ir ver e que quem viu gostou muito porque sim e tal e coiso" não fui lá pois não? fui arrastada para a embaixada lomográfica por causa de um certo passatempo (também coisa nada hype, gostar de Lomos e até participar em passatempos da Lomo), não fui? então não se queixe! :P

macaso disse...

tinha um cartaz que "roubei" de um bar em Coimbra, há muitos anos e que dizia "em obras" (com esse tipo de tinta e de letras). Adorava deixá-lo na minha sala de estudante. belos tempos.

pinky disse...

maravilhosas foros! simmmmmmm...queremos arte por todo lado para nos aplacar e entreter a alma!